Pedagogia

No Canto Alegre há sempre lugar para Aprender e Brincar.
Uma nova aventura irá iniciar.


Na nossa escola procuramos proporcionar à criança bem-estar e segurança, tanto física como afetiva. Toda a nossa equipa de trabalho zela para que esta se sinta acolhida, valorizada e escutada, promovendo a sua autoestima, o respeito pelas suas particularidades e potencialidades e o seu desejo em aprender coisas novas como forma de favorecer o seu desenvolvimento equilibrado. É importante estimular o interesse da criança pela integração e participação nas tarefas e rotinas diárias da escola.

A criança e o grupo...

As nossas rotinas diárias são elaboradas de modo a estimular o desenvolvimento global da criança, respeitando sempre a sua singularidade, assim como proceder ao despiste de eventuais inadaptações ou precocidades que possam surgir para que o seu crescimento, formação e encaminhamento escolar sejam definidos com a maior naturalidade possível.

Favorecemos a inserção da criança em grupos sociais diversos, com o objetivo de promover não só o respeito pelo próximo e pelas diferentes etnias, mas também a sua sociabilidade. Também as nossas atividades são pensadas de forma a fomentar o desenvolvimento pessoal e a socialização da criança. Um bom exemplo disso são as nossas mostras de Rancho Folclórico realizadas no exterior, em comunidade, com o apoio e amor das famílias por perto.


As atividades e rotinas...

A cada ano letivo é elaborado, em equipa pela coordenação e educadoras, um plano de ação e um projeto educativo que têm como base as orientações curriculares do Ministério da Educação.

Fazem parte dessas orientações curriculares vários domínios de aprendizagem, tais como: o conhecimento do mundo, a abordagem à linguagem e à escrita, o cálculo matemático (blocos lógicos, cuisenaire, calculadores multibásicos, dons de fröebel) e o domínio das expressões dramática, plástica, psicomotora e musical. Pretendemos também incentivar a sua criatividade, o gosto pela arte e o pensamento crítico.


A escola e a família...

Procuramos trabalhar a "Família", interagindo sempre que possível com os pais e transmitindo a noção de que a família é a primeira e principal instituição educativa da criança. É de grande importância saber articular as atividades realizadas na escola com a família e o mundo que nos rodeia. Somos uma escola inclusiva e oferecemos a cada criança condições estimulantes para o desenvolvimento e aprendizagem.

Existe um regulamento interno destinado a toda a comunidade interveniente, criado com base em orientações fornecidas pelos órgãos educativos e tem como principais objetivos: regular o bem-estar do dia-a-dia escolar, zelar pelo bom funcionamento da escola, promover a qualidade dos serviços prestados bem como garantir que a criança seja tratada com igualdade, respeito e correção.

Desta forma, quando uma criança entra na nossa escola, irá viver momentos e tempos de socialização diferenciados daqueles que viveu até essa altura, por acontecer num espaço novo, com muitas pessoas novas.


Memórias da nossa escola

Realmente não há palavras, adorei lá estar e nunca me esquecerei de todos os momentos que lá vivi, parece que foi ontem. Continuem assim... Beijos e abraços!!!Diogo Angélico

Não deixou de ser com um certo "brilho" nos olhos que acedi hoje à v/ página. A minha filha cresceu com o Canto Alegre, e isso é um privilégio que a marcará para sempre. Foi aí que ela deu os seus primeiros "passos", muito marcantes para o seu desenvolvimento...hoje continua a ser uma boa aluna! Por outro lado, escrevi para o Canto Alegre o hino (aqui mencionado), e é um orgulho saber que o mesmo se vem perpetuando no tempo. A toda a equipa os meus agradecimentos por todo o trabalho que continuam a desenvolver! Bem hajam…Rosa Santos

Fantástico espaço para as crianças. Confio e recomendo plenamente.Nuno Benedito

Parabéns Canto Alegre! Tenho a agradecer o tempo que dedicaram e dedicam às minhas filhas. Obrigada Ângela, Luís e ao resto da equipa.Marisa Correia

Obrigado, Ângela! Foi de facto com muita emoção que percorri todos os cantinhos do Canto Alegre através da v/página, pois vocês continuam a crescer, tal como as crianças que tiveram o privilégio de por lá passar, bem como as que vão iniciando. Num País com tão poucos objetivos o Canto Alegre, continua a ser sempre uma referência que recomendo vivamente. Continuem a perseguir o v/ sonho...para que os de tantos meninos se possam também concretizar. Obrigada pela mãe nº 1...gostei. Beijocas!Rosa Santos

Questões frequentes:

Existe regulamento interno nesta instituição de ensino?

Sim. O Canto Alegre possuí um regulamento interno que regula o funcionamento da Creche e do Jardim de Infância. Destina-se a todos os pais das crianças que frequentam esta instituição e é entregue momento da inscrição.

Posso levar/buscar o meu(minha) filho(a) à escola e falar diariamente com as suas professoras? A família pode acompanhar de perto o desenvolvimento da criança no Canto Alegre?

Procuramos trabalhar diariamente em conjunto com as famílias e incluí-las nas atividades da nossa escola. É fundamental criar uma relação estreita casa/escola em todo o processo educativo. Temos uma pedagogia e filosofia aberta, transmitindo aos pais e encarregados de educação a possibilidade de entrarem no infantário, levarem os filhos às respetivas salas e falarem diariamente com as educadoras e auxiliares sobre o desenvolvimento das crianças. Efetuamos registos de observação para avaliar continuamente o desenvolvimento da criança em creche e jardim pré-escolar de forma a planear e ajustar, em conjunto com as famílias, as necessidades de aprendizagens de cada criança.

O Canto Alegre segue algum método de ensino específico?

O nosso principal objetivo é definir planos de ação e projetos educativos que tenham sempre em linha de conta as orientações do Ministério da Educação. Complementarmente seguimos o método de ensino segundo o modelo João de Deus.

O Canto Alegre é uma escola inclusiva? Recebe crianças com necessidades educativas especiais?

Sim. O nosso infantário recebe crianças com necessidades educativas especiais. Cabe ao educador despistar as precocidades e inadaptações no crescimento da criança e, em conjunto com a coordenação pedagógica, perceber se a escola pode assegurar a resposta pedagógica adequada ao desenvolvimento e sucesso de cada criança e seu percurso escolar. Trabalhamos com uma equipa que integra o Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância que, para além de diagnosticar e sinalizar as crianças elegíveis ao apoio, articula e define com as famílias e a nossa instituição um plano individual de intervenção capaz de garantir a participação e inclusão social. Quanto mais precocemente for colocado em prática o plano de intervenção, melhor poderão as crianças corrigir as suas inadaptações e limitações e alcançar um maior nível de autonomia.

Curiosidades:

Os nossos alunos praticam semanalmente natação não só como forma de adaptação ao meio líquido, mas também para melhor desenvolverem, de forma lúdica, a autoconfiança, a socialização e a coordenação motora.

A letra do hino do Canto Alegre foi concebida pela mãe da primeira aluna inscrita.

Hino do Canto Alegre! Vamos Cantar!!!

~ Instrumental ~
O Canto Alegre é que é bom, é que é bom
Porque nos sentimos bem
E não queremos, não queremos ir embora
Quando chega o pai ou a mãe

De manhã o sol brilha
É hora de levantar
Estamos com pressa
De ao Canto Alegre chegar

Vamos aprender a ler e a escrever
O, A - E – I – O – U
Até já sabemos contar até três
E para o ano até dez

O Canto Alegre é que é bom, é que é bom
Porque nos sentimos bem
E não queremos, não queremos ir embora
Quando chega o pai ou a mãe

De manhã o sol brilha
É hora de levantar
Estamos com pressa
De ao Canto Alegre chegar

Vamos aprender a ler e a escrever
O, A - E – I – O – U
Até já sabemos contar até três
E para o ano até dez

O Canto Alegre é que é bom, é que é bom
Porque nos sentimos bem
E não queremos, não queremos ir embora
Quando chega o pai ou a mãe

O Canto Alegre é que é bom, é que é bom
Porque nos sentimos bem
E não queremos, não queremos ir embora
Quando chega o pai ou a mãe

(Escrito pela 1ª mãe do Canto Alegre)