Valências

De manhã o sol brilha, são horas de acordar...
Já estamos com pressa de ao Canto Alegre chegar!

1ª Berçário (3 - 12 meses)

Biberon, papinha, caminha e colinho

Dos três meses aos primeiros passos, o bebé encontrará no nosso berçário um espaço de conforto muito acolhedor. Vários estímulos irão despertar a sua curiosidade para o mundo que o rodeia. Aqui acontecem as primeiras descobertas: os afetos, o tato, as cores e os sons. O berçário é composto pela sala-parque, a sala dos berços e a área de higiene protegida dos espaços de brincar. É complementado por uma copa de preparação de alimentação para idades de berçário e creche. A sala tem áreas amplas de movimentação e é equipada com recursos que estimulam a exploração: mobiles, caixas de música, livros de pano, espelho, tapete do bebé e barra de locomoção. Como os bebés passam grande parte do tempo a gatinhar, as professoras utilizam sapatos próprios na sala que não são utilizados no exterior.

2ª Berçário (12 - 24 meses)

Os primeiros passinhos... aqui vou eu!

No 2º berçário, a criança desenvolve a aquisição da marcha. A sala está preparada com barras de locomoção e outros recursos de apoio à movimentação e controlo corporal da criança que começa a dar os primeiros passinhos sozinha. Com esta conquista tão marcante para o seu desenvolvimento, a descoberta e a curiosidade começam a fazer parte da exploração ativa da criança. Por isso, a sala integra diversos momentos de aprendizagem específicos, em simultâneo com áreas de trabalho, como as peças de encaixe, os tapetes de atividades, os blocos, os aparelhos de som e os livros. Na hora da sesta, a criança começa também a transição do berço para o catre/colchão. A cada criança é atribuída uma cama exclusiva e a roupa de cama é disponibilizada e lavada pela nossa escola todas as semanas.

Creche (2 - 3 anos)

Começo a ficar grande, como o papá e a mamã...

Nesta sala de transição para o Jardim de Infância, as brincadeiras do faz de conta começam a ganhar forma. A criança ganha cada vez mais autonomia e com ela cresce também a vontade de explorar novos conhecimentos. Mantendo as necessidades de conforto, de segurança física e psicológica, as crianças não só começam a socializar e interagir mais umas com as outras, como também estão mais aptas a desenvolver-se a nível cognitivo, físico e social. Os espaços da sala começam a dividir-se para dar espaço a várias zonas de brincar: a área da casinha, o espaço do conto, a área dos blocos/legos/encaixes, sem esquecer a zona de trabalho que irá proporcionar, de forma lúdica, novas experiências ao nível da iniciação da linguagem, do conhecimento do mundo e da expressão plástica.

Sala Azul (3 anos)

De saca aos quadradinhos, vão lá dentro os meus livrinhos!

As brincadeiras com os amigos e a exploração do mundo são uma constante. Com alegria e imaginação, a criança consegue identificar as várias áreas disponíveis: o espaço de aprendizagem onde se aprendem os temas de vida e se fazem trabalhos manuais, a zona da casinha, da garagem, da lojinha e a área do conto/leitura. Um mundo de possibilidades de brincadeira e descoberta surgem aos olhos da criança. Distinguem-se os espaços de aprendizagem e os espaços lúdicos, que complementam uma área central ampla onde a criança pode interagir livremente e estabelecer contato com os seus amigos. É importante estimular a segurança e a confiança da criança para que, mesmo no mundo da imaginação e fantasia, a criança possa encontrar soluções para ultrapassar as suas dificuldades e problemas.

Sala Verde (4 - 6 anos)

Para a escola eu vou aprender a ler e escrever o A E I O U!

Enquanto a amizade entre amigos se fortalece, na Sala Verde procuram-se consolidar as aprendizagens que a criança foi adquirindo ao longo da sua primeira infância, promovendo o seu desenvolvimento global, a sua integração social e preparando-a para uma boa progressão para o 1º ciclo. Incentiva-se o gosto pela escrita e leitura, pelo raciocínio matemático, pela criatividade e responsabilidade ligada à ajuda e cooperação em várias tarefas de rotina diária. Os jogos de sociedade, os enfiamentos, os blocos lógicos, as noções de escrita pela cartilha maternal, os conceitos de inglês e de informática, o cálculo matemático através do cuisenaire, dos calculadores multibásicos, do tangran e dos dons de froebel e as obras de arte já são uma realidade constante nestas idades, mas sempre doseados no seu devido tempo.

ATL (6 - 10 anos)

Já sou crescido, mas ainda sabe bem ter o apoio da minha primeira escola!

No nosso infantário damos apoio ao estudo e ao desenvolvimento dos trabalhos de casa para alunos do 1º ciclo, nos seus tempos livres letivos. Disponibilizamos transporte em carrinha própria entre as escolas primárias e a nossa escola. Durante os períodos de férias escolares, asseguramos também o apoio aos alunos em regime de ATL e disponibilizamos programas de atividades lúdicas e pedagógicas diversificadas.

Memórias da nossa escola

Parabéns Canto Alegre! Muitas crianças foram felizes nesse cantinho!Luciana Andrade

Realmente não há palavras, adorei lá estar e nunca me esquecerei de todos os momentos que lá vivi, parece que foi ontem. Continuem assim... Beijos e abraços!!!Diogo Angélico

Infantário onde reina a qualidade de educação.Miguel Santos

Muitos parabéns que continuem a ter sempre o mesmo carinho e sucesso. Beijinhos a toda a equipa.Anabela Silva Guerra

O Canto Alegre tem ótimas recordações de todos os alunos que por lá passaram. Parabéns! Beijinhos ao Canto Alegre.Miguel Teles

Questões frequentes:

A partir de que idade a criança pode frequentar o Canto Alegre?

O Canto Alegre aceita crianças em regime de berçário a partir dos 3 meses de idade.

Até que idade as crianças podem permanecer no Canto Alegre?

Acompanhamos o crescimento e desenvolvimento da criança até idade pré-escolar (5/6 anos). Damos também apoio a crianças de 1º ciclo em regime ATL, até aos 9/10 anos de idade.

Quais são as valências disponíveis no Canto Alegre?

O Canto Alegre possuí as seguintes valências: 1º Berçário (3 aos 12 meses), 2º Berçário (12 aos 24 meses), Creche (2 aos 3 anos), Sala Azul (3 anos), Sala Verde (4 aos 5 anos) e Sala ATL (6 aos 9 anos).

Como são as crianças agrupadas pelas salas?

No Canto Alegre as salas são homogéneas, o que significa que as crianças são agrupadas mediante a sua faixa etária para que a abordagem de cada sala seja adaptada e ajustada, o mais possível, ao estádio de desenvolvimento de cada criança.

Existem escolas na região que garantam o seguimento escolar da criança para 1ºciclo?

Sim, existem duas escolas primárias com grande proximidade ao Canto Alegre que podem assegurar a continuidade escolar da criança. Estamos em contato permanente com essas escolas e asseguramos apoio em regime ATL aos seus alunos.

O Canto Alegre dispõe de transporte para crianças?

Sim, temos uma carrinha e profissionais especializados em transporte de crianças. Damos particular apoio a alunos em regime ATL e, mediante solicitação, a alunos em infantário.

Curiosidades:

Cada sala de aula tem uma cor diferente que identifica cada faixa etária.

Valorizamos a aprendizagem musical em todas as faixas etárias, desde o Berçário à Pré-primária.

Hino do Canto Alegre! Vamos Cantar!!!

~ Instrumental ~
O Canto Alegre é que é bom, é que é bom
Porque nos sentimos bem
E não queremos, não queremos ir embora
Quando chega o pai ou a mãe

De manhã o sol brilha
É hora de levantar
Estamos com pressa
De ao Canto Alegre chegar

Vamos aprender a ler e a escrever
O, A - E – I – O – U
Até já sabemos contar até três
E para o ano até dez

O Canto Alegre é que é bom, é que é bom
Porque nos sentimos bem
E não queremos, não queremos ir embora
Quando chega o pai ou a mãe

De manhã o sol brilha
É hora de levantar
Estamos com pressa
De ao Canto Alegre chegar

Vamos aprender a ler e a escrever
O, A - E – I – O – U
Até já sabemos contar até três
E para o ano até dez

O Canto Alegre é que é bom, é que é bom
Porque nos sentimos bem
E não queremos, não queremos ir embora
Quando chega o pai ou a mãe

O Canto Alegre é que é bom, é que é bom
Porque nos sentimos bem
E não queremos, não queremos ir embora
Quando chega o pai ou a mãe

(Escrito pela 1ª mãe do Canto Alegre)